20131201_121841

Um final de semana para ser lembrado por muito tempo. Uma satisfação do tamanho do mundo. Nesta última semana Victor esteve no Kartódromo Internacional do Beto Carrero World no balneário de Penha em Santa Catarina e logo que terminou seguiu para Curitiba para finalmente realizar seu sonho de correr em uma etapa da F3.

20131128_090113

Como se diz é melhor começar pelo início. No dia 27 de novembro estivemos no kartódromo para ter contato com a pista já que nunca fomos neste circuito e ver qual seria o melhor traçado, como era o asfalto e qual seria nosso Box. A primeira informação veio com o número de inscritos já que correriam graduados e seniores juntos, porém após a contagem preliminar, foi verificado que seriam mais de 53 karts no grid o que poderia gerar incidentes. Assim foi decidido que 28 karts largariam na graduados e os demais na Senior. Grande detalhe que é o record de participantes nesta categoria de Kart.

20131129_112649

20131128_091443

20131128_173117

Logo no primeiro treino verificamos que estávamos bem e bastante competitivos e se nosso intuito era verificar como estaríamos para o ano 2014, posso assegurar que estamos muito bem. Na primeiro treino fomos o 13o tempo.

Fomos então para o 2o treino e veio a grande surpresa.

20131128_152751

Com um tempo sensacional Victor havia virado mais rápido que os 2 campeões mundiais de Kart (David Foré e Jordan Lennox) o que para nós que nunca tínhamos treinado no circuito, não tínhamos nada de especial em termos de equipamento consideramos um feito. Mas depois deste feito uma série de eventos não contribuíram para o bom resultado.

1o – Tomada de tempo : Outro kartista de forma pouco inteligente bateu no Victor na tomada de tempo, já que Victor estava muito rápido. E ainda na última volta todos da equipe do exterior começaram andar devagar na pista para atrapalhar a tomada de tempo dos demais competidores e assim conseguiram a Pole. Victor largou de 9o lugar.

2o – Primeira Corrida : Victor na 3a curva recebe um toque por trás e para nos pneus, sem chance de volta. Nenhuma penalização.

3o – Segunda corrida : Victor larga de último e chega em 13o após uma luta de titãs, porque a federação local deixou “o barco correr”.

Para nós o resultado quanto a experiencia e teste para o ano que vêm foi muito bom.

Fechado o assunto Kart fomos direto para Curitiba para o grande teste, andar de foguete ou melhor de F3.

20131201_100050

 

20131201_094845

 

Bem, tinham 10 carros na pista, Light e A, e o nosso objetivo principal era saber o quanto distante o Victor estava dos demais pilotos. Na pista somente pilotos com experiência, alguns internacionais e outros nacionais. A pista, nunca havíamos visto e percorrido os 3.5 quilômetros do circuito, então era realmente um bom teste. Tínhamos 2 treinos de 45 minutos para descobrir a pista e os limites do carro. Victor foi bastante bem no primeiro treino fazendo o 3o tempo na geral. No segundo treino conseguiu fazer o 4o tempo. Na tomada de tempo fez o 6o tempo, mas agora segue o alerta, Victor passou 1 jogo de pneu e os demais que viraram a frente passaram 2 até 3 jogos de pneu.

20131130_081755 20131130_081803 20131130_081953 20131130_081958 20131130_090659

Agora vamos analisar passo a passo a primeira corrida.Largada : Boa largada parada (na Formula Jr. é largada lançada), principalmente porque teve que desviar do piloto a frente e acompanhou o pelotão. Após algumas voltas era o líder da sua categoria, virando volta a volta mais rápida até a volta de número 14 quando errou a marcha e rodou, fim da corrida.

Segunda corrida no Domingo: Largou de trás, mas foi excelente, desviando dos demais e seguindo em frente, firme e preciso, na terceira volta lidera na sua categoria, e abre dos demais, mesmo sabendo que seu motor começou apresentar problemas logo depois da última ultrapassagem. Em uma tocada firme mas muito aquém do seu potencial vinha trazendo o carro até que na reta principal na 16a volta o motor quebrou, abandonando a corrida.

Uma pena ! esta era a frase de todos, seja da equipe, seja das demais equipes, todos elogiaram a participação do Victor.

Para nós foi uma glória, conseguimos fechar um ciclo com muito sucesso o ano de 2013 foi sensacional.

20131201_115319

 

Na visitação pública, pós abertura dos boxes, como foi bonito as pessoas que estavam na arquibancada perguntar para ele o que havia acontecido, quantas fotos, crianças, adultos e as meninas (a foto determina um pouco).

20131201_094757

Bem a equipe, o que posso escrever de pessoas tão atenciosas, focadas em fazer o melhor, que torce, vibra, orienta e vence. Junta-se a esta o formador do Victor o Ari Salgado que é “o cara” e que estava lá e estará outras vezes. Que venha 2014 e com o apoio dos nossos patrocinadores e parceiros vamos honrar a camisa e trazer o máximo de sucesso possível.

 

 

2013-11-09 19.43.29

“Para aqueles que nunca desistem, para aqueles que sempre acreditam no amanhã, para aqueles que a fé em Deus é imensurável”, são estes os homens de sucesso do amanhã. Victor estava à 30 pontos do primeiro colocado e tinha 50 pontos no máximo (2 primeiros lugares) em jogo ou seja o adversário tinha uma baita vantagem, era só chegar nas primeiras posições e pronto ficaríamos com o Vice Campeonato que estávamos. Mas a determinação é algo que vem de dentro, uma mistura de fé, alma e a certeza que é possível mesmo quando parece que não.

20131109_115729

Começaram os treinos de quarta com nenhuma novidade, pequenos ajustes e “pegar a mão” da pista. Quinta-feira, 2 treinos, foco total e dedicação nos motores e carburadores, trabalho sensacional com os preparadores e o chefe de equipe o Ari Salgado e uma evolução muito grande no equipamento. Chegou sexta, dia de definir o motor e carburador, dia bastante atípico pois aconteceu 1 treino de 1 hora, 2 tomadas de tempo (para a corrida de sexta e de sábado) e uma corrida. O resultado deste dia foi, melhor volta, Pole Position e Vitória, retirada por um toque de corrida que resultou em uma penalização de 10 segundos e o segundo lugar e 20 pontos conseguidos. Quanto ao líder do campeonato, na corrida de sexta, teve um problema no início da prova e não completou e portanto não computou nenhum ponto.

20131109_115723

Terminamos então a sexta com 10 pontos de desvantagem. Bem a boa notícia veio a seguir com a informação de que os pontos na última etapa (sábado) tinham o dobro da representatividade mas mesmo com está notícia ao Victor somente importava a vitória e somente a vitória interessava. Chegou sábado, Sol, mais de 30oC na sombra e sei lá quantos graus na pista. Largada, Victor em 4o, tempo conseguido na segunda tomada de tempo de sexta. Largada….ANIMAL pula para segundo e logo depois para não bater permite a passagem e fica em 3o segundo seguindo assim até o final chegando em 1o lugar na Shifter Rookie e assim completando a corrida com os pontos tão necessários. O concorrente direto pelo título, infelizmente bateu em 2 outros pilotos e os comissários desclassificaram. Pronto, finalmente chegou o título, é Campeão Paulista de Shifter Rookie 2013. Agora é só esperar o dia 14 de novembro na entrega do prêmio e registro nos canais do automobilismo.

Ainda não assimilamos o que está acontecendo mas o que posso informar, que mais uma vez o Esporte venceu.

20130818_141116Um final de semana que vai ficar em nossas retinas e em nossas memórias. Muita luta e muitas surpresas desagradáveis e agradáveis, Victor e sua equipe perseguiram a perfeição e a melhor sintonia possível entre piloto, equipe e auto.

Como estas palavras soltas não dão a dimensão exata do que aconteceu nesta etapa, tentaremos resumir ao máximo os fatos.

IMG_1228

Tudo começou na sexta-feira, quando acontecem 3 treinos. O primeiro treino não foi feito porque a organização não entregou o painel da formula e também “cá pra nós” não fez falta, porque a pista estava suja e gelada. Veio o segundo e o terceiro treino do dia e as coisas foram muito bem, sempre virando abaixo de 1′ 12″.

Revisão feita e possíveis ajustes, fomos para o primeiro treino oficial de sábado, tempo excelente com 1’11″6 igual a mais 3 competidores. Nada mal, estávamos andando com pneus bem desgastados de uma corrida acontecida no autódromo de Santa Cruz.

Bem agora vai começar a narrativa do calvário do Victor e de sua equipe.

Começa o segundo treino e Victor foi auxiliar a equipe do Satti dando algumas voltas para testar seu carro e logo após algumas voltas, voltou para seu auto. Após sua saída para pista com seu carro oficial, logo na primeira volta, quebra o uniball do tramulador do cambio, fim do treino com apenas uma volta.

Vem o terceiro e último treino, uma volta rápida, quebra da homocinética externa da roda traseira esquerda, fim do treino.

Nova revisão da equipe e troca da homocinética, ajustes para tomada de tempo e pneus novos, muita concentração e pista.

Victor até 4 minutos para o final da tomada era o Pole, quando alguns pilotos de equipes diferentes começaram se ajudar “dando o vácuo” para o outro, atitude bem estranha já que eram concorrentes e de diferentes equipes mas faz parte do “jogo”. Victor foi superado ficando em 3o lugar, nada mal para quem estava com a “cara para o vento”.

20130817_133642

Bem, nova revisão no carro pela equipe Nafta e largada da primeira corrida. Logo na saída do box nas primeiras voltas antes do fechamento do box, um ruído anunciava o que seria o fim prematuro da primeira corrida. Ainda no alinhamento antes da largada o carro do Victor quebra na pista e é arrastado pela equipe de segurança do autódromo para o box. Diagnóstico “quebra da homocinética interna da caixa de marcha”. A equipe desmonta e remonta e faltando 4 voltas para o fim coloca Victor na pista, com a finalidade de testar o carro e assim termina a corrida.

De volta ao Box, a equipe desmonta tudo e começa a verificar cada detalhe já que este problema já aconteceu mais 2 vezes este ano. Diagnóstico “o eixo é mais curto do que o padrão do carro” e isto permite espaço lateral e com o tempo quebra ou desmonta. Refeito e corrigido era colocar o Victor na pista e pedir para piloto que largaria de último fazer uma corrida forte e determinada.

Equipe no alambrado, chefe de equipe no rádio, dono da equipe do meu lado na laje do autódromo, todos com vontade de ver nosso piloto na pista, fazendo seu papel.

Victor não decepcionou, nem sua equipe, nem quem veio ver o esporte e as emoções que apenas o automobilismo tem. Largada e começou um show de pilotagem dele e do piloto Rodrigo Elger (que era o penúltimo) e o Victor o último. Foram 25 minutos absolutamente reconfortantes com muitas ultrapassagens e disputas legítimas e éticas, terminando o Victor em segundo e o Elger em primeiro.

O curioso, foi a chegada ao parque fechado após o fim, todos de pé batendo palmas e reconhecendo o que estava ou melhor o que aconteceu naquele autódromo, foi mágico !!!

Agora é se preparar para algo mais, muito mais …

Nota Importante : O locutor do autódromo foi uma atração a parte, realmente emocionou todos.

 

IMG_2068

 

Após uma confusa e interminável semana de questões irrelevantes sob o aspecto desportivo, finalmente está confirmado a participação na próxima etapa na Formula Jr. em Tarumã ( foi alterado o autódromo, anteriormente Velopark ). Na busca de seu desenvolvimento como piloto, infelizmente faz parte reconhecer que existe o lado político da profissão, e a primeira aula chegou rápido e aprendizado também.

DSC_3855

Voltando ao tema, Victor parte para Porto Alegre na quinta-feira para se encontrar a equipe Nafta Motorsport com seu amigo e estimado chefe de equipe Noel Teixeira . Os treinos livres começam na sexta a partir das 08h30, com 3 sessões, terminando no meio da tarde. O objetivo é claro, fazer o melhor e obter o melhor resultado.

 

%d blogueiros gostam disto: