Victor na mídia : Matéria ” O grande desafio da retenção de talentos no kartismo nacional”

07/02/12

Victor Miranda figura na matéria do site KartOnline do dia 06.02.2012. A matéria extremamente interessante trata com detalhes dos talentos dentro e fora das pistas. Tema bastante complexo mas que coragem o site trata abordando o assunto de forma completa. Segue na íntegra.

 

Manter pilotos qualificados no quadro de embaixadores da marca vem sendo uma preocupação constante para a maioria das fabricantes de kart no Brasil e na Europa. A retenção de talentos está entre as prioridades dos executivos brasileiros e deve ocupar o topo da lista nos próximos três anos.

Pelo histórico dos últimos anos, temos uma grande tendência e desafio de 2012: a busca e a atração de mão de obra qualificada.

Diante desses desafios, os executivos da indústria do kartismo devem manter o foco em planejamentos mais eficientes, no estabelecimento de novas parcerias e nos investimentos em inovação. Essas atitudes vão auxiliar na retenção de talentos, despertando o interesse desses profissionais em integrarem processos inovadores e vitoriosos.

No cenário do kartismo nacional, a disputa por bons pilotos é grande, e cabem as empresas criar um programa intensivo de investimentos de treinamentos. Esta deve ser uma das formas de, além de capacitar, incentivar os principais “pilotos talentos” da organização a permanecerem na empresa.

 

Mas será que treinamento e inovação serão suficientes para manter esses pilotos? Talvez as empresas precisem, além de investirem nesses itens, olhar um pouco mais para o ambiente pessoal. Um coaching bem trabalhado, além de planos formatados ao ambiente do automobilismo podem reter os talentos.

1. Ressaltar conquistas e vitórias, atrelandas a metas de desempenho (bônus) podem ser ótimos indicadores de retenção;
2. Ofereça um ambiente de trabalho que respeite, encoraje e permita o equilíbrio entre vida e “profissional” é certamente uma parte fundamental da boa relação entre piloto e fábrica;
3. Criar um plano sucessório efetivo de categorias, que facilite a evolução de carreira dos pilotos com alto desempenho é um oportunidade única e jamais realizada no Brasil;
4. Oferecer ferramentas para medição do engajamento e liderança dos pilotos e funcionários, auxilia na formação de um clima mais próspero no ambiente de competição;
5. Focar esforços de retenção nos pilotos mais talentosos e com alto potencial, possibilita ganhos mais eficientes a sua construção de marca;
6. Criar uma “Experiência de Empregador” que satisfaça os funcionários em múltiplos níveis é um caminho em aproximar o empregado e piloto do produto.

Podemos concluir que qualificar e reter pilotos com talento já deixou de ser um diferencial e passou a ser uma característica fundamental e necessária para qualquer fábrica de kart que queira sobreviver à concorrência nos tempos atuais. Não há tempo a perder.

Por Leandro Claro, editor-chefe do Portal KartOnline
Foto: Leandro Claro | Mauricio Villela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: